Notícia


Registro Multicêntrico de TCTH: SBTMO divulga primeiros dados

Atualizado em: 01/04/2021


SBTMO divulga primeiros resultados do registro multicêntrico de TCTH no Brasil e relatados do CIBMTR

Os primeiros resultados do estudo "Registro multicêntrico de Transplantes de Células - Tronco Hematopoéticas (TCTH) autólogos e alogênicos para doenças malignas e não malignas realizados no Brasil e relatados no Center for International Blood and Marrow Transplant Research (CIBMTR)”  já podem ser acessados aqui.

Inédito, o material apresenta um balanço das ações e indicadores gerados com base nos dados coletados junto a 24 centros de TCTH brasileiros, que reportaram seus dados ao registro no período de 2008 a 2019. Ao todo, foram registrados 7.264 Transplantes.

Quadro | Centros Participantes

Fonte: Grupo de Trabalho de Gerenciadores de Dados da SBTMO

Idealizado pela Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea, em parceria com o CIBMTR, a iniciativa tem como propósito desenvolver um Registro Brasileiro de Transplantes de Medula Óssea, que poderá inclusive gerar dados para o Sistema Nacional de Transplante (SNT) e, também, para o Registro Brasileiro de Transplantes da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos e Tecidos (ABTO), possibilitando o acesso a um panorama do TCTH nacional. Para se ter uma ideia, só em 2019, 63% dos dados publicados no RBT foram provenientes desses centros que fazem parte do estudo e que usam o CIBMTR como base de dados.

O relatório contempla as informações de pacientes que foram submetidos a transplantes nas modalidades doador não relacionado alogênico, doador relacionado alogênico e autólogo. Os referidos serviços encaminharam dados em dois níveis: o chamado “nível TED”, que captura dados básicos, e o nível “CRF”, que captura mais detalhes.

Nos últimos dois anos, a adesão de serviços brasileiros ao CIBMTR tem aumentado. Atualmente, são 33 centros que fazem parte do projeto e há mais 11 que estão na perspectiva de ingressar no processo de inclusão do estudo. Destes, 26 registraram dados nos últimos 2 anos, e os demais estão no processo de apreciação ética do estudo e afiliação ao CIBMTR. Com este panorama, a expectativa é de alcançar 80% dos centros que atuam no TCTH no País.

Além do Brasil, participam do CIBMTR mais de 380 centros de TCTH de diferentes países, que juntos fornecem dados de mais de 540 mil pacientes, sendo estimado o ingresso de pelo menos 25 mil novos pacientes por ano.

Como fazer parte deste Projeto

Quer saber como fazer parte do Registro? Converse conosco!

Atualmente, a SBTMO, por meio do seu novo Grupo de Trabalho de Gerentes de Dados (GTGD), tem procurado contribuir com todos os serviços de TCTH do Brasil, para que possam integrar essa iniciativa, que poderá além de fortalecer a prática clínica, também contribuirá com a produção científica de nosso país. Essa iniciativa contribuirá inclusive com os processos para obtenção da acreditação FACT.

Mande mensagem para nós via registrobrasileiro@sbtmo.org.br  e saiba mais!

Sua participação é de extrema importância para que consigamos compreender melhor o cenário nacional de nossas práticas enquanto serviços de TCTH. 

Sobre o CIBMTR

O CIBMTR (Center for International Blood & Marrow Transplant Research) foi criado em julho de 2004 e desempenha um papel fundamental no processo de compilação, gerenciamento e análise de dados.

Com o Data Back to Center (DBtC) do CIBMTR, cada centro pode ter o retorno dos seus próprios dados e avaliarem as análises dos dados reportados, como as curvas de sobrevida dos pacientes com suas devidas complicações e desfechos. Esses resultados ajudarão o seu centro a identificar pontos de melhorias no processo de TMO, melhorando também seus indicadores de qualidade. Reportar os dados no CIBMTR também é um dos padrões do FACT, uma acreditação internacional de qualidade em programas clínicos de TMO



QUERO RECEBER NOVIDADES



SBTMO 2019 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Purpose Agency