Registro Multicêntrico de TCTH Brasileiro: participe do protocolo da SBTMO


SBTMO convida os centros de transplante de medula óssea a participar do estudo: Registro multicêntrico de TCTH

Junte-se aos mais de 30 serviços brasileiros que já integram o Protocolo

Está em andamento no Brasil o estudo: “Registro multicêntrico de Transplantes de Células – Tronco Hematopoéticas (TCTH) autólogos e alogênicos para doenças malignas e não malignas realizados no Brasil e relatados no Center for International Blood and Marrow Transplant Research (CIBMTR)”.

Em nome do Dr. Nelson Hamerschlak, investigador principal da referida pesquisa, convidamos o seu centro a integrar este protocolo de pesquisa, desenvolvido pela SBTMO, em parceria com o CIBMTR e Hospital Israelita Albert Einstein.

Atualmente, são 33 centros que participam do estudo (tabela 1 – abaixo), e parte desses centros já estão registrando os dados no CIBMTR, parte em processo de regularização ética em seus CEPs. Em 2019, 63% do Registro Brasileiro de Transplante (RBT) foram provenientes desses centros que fazem parte do estudo e que usam o CIBMTR como base de dados.

Junte-se a nós, sua participação é muito importante! Unindo esforços, será possível compreendermos nossas características clínico-epidemiológicas, desfechos e complicações observadas nos pacientes submetidos a essas modalidades de tratamentos no Brasil.

Para ter mais informações e ingressar no estudo, acesse a Carta Convite aqui e entre em contato com o Grupo de Trabalho de Gerente de Dados (GTGD) da SBTMO no e-mail: gdbrasil@sbtmo.org.br

(clique aqui para ampliar a tabela)

Sobre o CIBMTR
O CIBMTR (Center for International Blood & Marrow Transplant Research) foi criado em julho de 2004 e desempenha um papel fundamental no processo de compilação, gerenciamento e análise de dados.

Com o Data Back to Center (DBtC) do CIBMTR, cada centro pode ter o retorno dos seus próprios dados e avaliarem as análises dos dados reportados, como as curvas de sobrevida dos pacientes com suas devidas complicações e desfechos. Esses resultados ajudarão o seu centro a identificar pontos de melhorias no processo de TMO, melhorando também seus indicadores de qualidade. Reportar os dados no CIBMTR também é um dos padrões do FACT, uma acreditação internacional de qualidade em programas clínicos de TMO.


Notícias Recentes

Notícias

Ricardo Pasquini recebe prêmio Mechtild Harf Science


admin, 23 de junho de 2022

Notícias

Já estão disponíveis on-demand as aulas do Encontro Regional SBTMO – Edição Minas Gerais


admin, 23 de junho de 2022

Internacional

Estudo brasileiro de Mieloma é Best Abstract no Tandem Meetings 2022


admin, 28 de abril de 2022

Internacional

Especial: GT GDS SBTMO no TANDEM Meetings 2022


admin, 28 de abril de 2022