Ricardo Pasquini recebe prêmio Mechtild Harf Science

Ricardo Pasquini, médico hematologista aposentado do CHC-UFPR/Ebserh, recebeu o Mechtild Harf Science Award. A honraria é concedida, desde 2001, pelo DKMS Stiftung Leben Spenden (Fundação para Dar Vida) e tem como objetivo reconhecer o trabalho científico e pesquisa de médicos de renome internacional no campo do transplante de células-tronco.

O prêmio é uma forma de incentivo aos médicos, e reconhecimento daqueles que de alguma forma promoveram o progresso da área, contribuindo para terapias aperfeiçoadas e inovadoras que objetivam proporcionar aos pacientes maiores e melhores chances de vida a longo prazo.

Pasquini foi agraciado com o prêmio tendo em vista suas notáveis realizações em hematologia e pelo pioneirismo no transplante de medula óssea no Brasil e na América Latina. Com seu trabalho em anemia plástica e leucemia mielóide crônica, ele fez contribuições seminais para o desenvolvimento internacional de inibidores de tirosina quinase.

A premiação destaca ainda o importante papel de sua trajetória, enquanto médico, professor e pesquisador da Universidade Federal do Paraná e do Hospital de Clínicas da UFPR.

Confira a matéria completa aqui https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-sul/chc-ufpr/comunicacao/noticias/ricardo-pasquini-recebe-premio-mechtild-harf-science

A SBTMO parabeniza o Prof. Ricardo Pasquini, membro emérito de nossa Sociedade, por mais esta importante conquista em sua carreira.

Fonte: Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares

Já estão disponíveis on-demand as aulas do Encontro Regional SBTMO – Edição Minas Gerais

Já estão disponíveis on-demand as aulas do Encontro Regional SBTMO – Edição Minas Gerais! Por um período de 30 dias – até 22 de julho -, você pode ver e rever todas as sessões, que foram apresentadas no evento, realizado no dia 18 de junho.⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Também já podem ser acessados os certificados de participação no evento.

Acesse a plataforma do evento, vá até o totem certificados no hall e baixe o documento.

Via desktop💻 –https://bit.ly/sbtmo-regional-minas-gerais-desktop

Via mobile 📱- https://bit.ly/sbtmo-regional-minas-gerais-mobile

Estudo brasileiro de Mieloma é Best Abstract no Tandem Meetings 2022

O estudo brasileiro Evaluation of Disease Progression/Relapse in Patients with Multiple Myeloma Waiting for Autologous HSCT from a Resource-Constrained Country foi escolhido como “Best Abstract – International Workshop do Tandem Meetings | Transplantation & Cellular Therapy Meetings of ASTCT™ and CIBMTR®.

Segundo o autor principal, Giancarlo Fatobene (HC-FMUSP), o trabalho buscou analisar a incidencia cumulativa de recidiva ou progressão de doença em pacientes com mieloma múltiplo aguardando transplante de medula óssea autólogo. Neste vídeo abaixo, Fatobene compartilha quais foram os resultados e como estes achados podem contribuir neste campo do TCTH.

Para conferir o abstract de Fatobene e os demais trabalhos de autoria de brasileiros apresentados como no Tandem Meetings, acesse a matéria Conheça os abstracts brasileiros apresentados no Tandem Meetings 2022

Especial: GT GDS SBTMO no TANDEM Meetings 2022

O grupo de Gerenciadores de Dados da SBTMO, representado pelas coordenadoras Cinthya Corrêa e Heliz Neves, com participação das GDs Francisca Vanoide, Bruna Letícia e Paula Sabaini fez importantes coberturas sobre os temas de relevância para os gerentes de dados brasileiros.

Inclusive, entrevistaram o ex-presidente da SBTMO, Nelson Hamerschlak, o atual presidente da Sociedade, Fernando Barroso Duarte, e a coordenadora do Comitê Científico da SBTMO e do Congresso SBTMO 2022, Carmem Bonfim, que comentaram os avanços do Registro multicêntrico de Transplantes de Células – Tronco Hematopoéticas autólogos e alogênicos para doenças malignas e não malignas realizados no Brasil e relatados no Center for International Blood and Marrow Transplant Research). Confira no vídeo:

O que os gerenciadores de dados em TCTH podem esperar do Tandem Meetings de 2022?

Com Cinthya Corrêa e Heliz Neves

O que os gerenciadores de dados em TCTH precisam saber sobre CPI?

Com Monique Amin

Você sabe como utilizar o Service Now para gerenciar os dados de seu Centro de TCTH?

Com Heliz Neves

O que espera um novo gerenciador de dados em TCTH?

Com Francisca Vanoide de Brito Santos, enfermeira do serviço de TMO do Hospital Samaritano – Higienópolis

Você sabe o que é o Padrão B9 da Acreditação FACT para Centros de Terapia Celular?

Com a coordenadora do Grupo de Gerenciadores de Dados da SBTMO, Cinthya Correa

Quais maneiras adequadas de reportar profilaxias infecciosas nos formulários de Registro de Dados?

Com a gerente de dados Paula Sabaini, do GTGD SBTMO

Vocês sabem como funcionam os formulários no FORMS NET 3?

Com a gerente de dados do Grupo de Trabalho de Gerenciadores de Dados da SBTMO, Bruna Leticia.

Entenda a revisão das toxicidades dos órgãos dentro do formulário 2100

Com a gerente de dados do Grupo de Trabalho de Gerenciadores de Dados da SBTMO, Bruna Leticia.

Conheça os abstracts brasileiros apresentados no Tandem Meetings 2022

Na foto (esq./dir.) Heliz Neves; Adriana Seber; Fernando Barroso Duarte; Carmem Bonfim; Nelson Hamerschlak; Cinthya Correa – Autores e Coautores, juntos, em frente ao pôster “Overview of Actions and Outcomes for the Brazilian Hematopoietic Stem Cell Transplantation Registry Establishment, Using  CIBMTR Infrastructure

Confira os pôsteres de autoria de pesquisadores brasileiros que foram apresentados no Tandem Meetings | Transplantation & Cellular Therapy Meetings of ASTCT™ and CIBMTR®. O encontro reuniu em Salt Lake (Utah), de 23 a 26 de abril, especialistas de todo o mundo, inclusive do Brasil.

Houve ainda dois pôsteres que contaram com brasileiros como coautores.

Pôsteres* autores brasileiros (*listados em ordem numérica de identificação do pôster)

84 Evaluation of Disease Progression/Relapse in Patients with Multiple Myeloma Waiting for Autologous Hematopoietic Cell Transplant from a Resource-Constrained Country [Best Abstract – International Workshop] Giancarlo Fatobene, MD Hematology, Transfusion Medicine and Cell Therapy, Hospital das Clinicas HCFMUSP, Faculdade de Medicina, Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, Brazil, (2)Hospital Vila Nova Star – Rede D’Or, São Paulo, Brazil

161 DIPSS Score Validation As a Tool to Estimate Survival and Non-Relapse Mortality after Hematopoietic Stem Cell Transplant in a Brazilian Multicentric Cohort Prof. Nelson Hamerschlak, MD, PhD1 Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo

309 Lomustine in Combination with Etoposide and Cyclophosphamide in Conditioning Regimen for Lymphomas: A Phase 1 Study Christianne Tolêdo de Souza Leal, MD Clinical Medicine, Federal University of Juiz de Fora, Juiz de Fora, Brazil

580 The Impact of FACT Accreditation Program in a Bone Marrow Transplantation Unit in Latin America: Improving Clinical Results Tania Michele Waisbeck BMT, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, Brazil

586 Data Management Training Program of the First Brazilian Hematopoietic Stem Cell Transplant Center Affiliated to the CIBMTR Heliz Regina A. Neves Serviço de Transplante de Medula Óssea, Hospital de Clinicas – UFPR, Curitiba, Brazil; Hospital Nossa Senhora das Graças, Curitiba, Brazil

588 Overview of Actions and Outcomes for the Brazilian Hematopoietic Stem Cell Transplantation Registry Establishment, Using Center for International Blood and Marrow Transplant Research (CIBMTR) Infrastructure. Cinthya Corrêa Silva, Bone Marrow Transplant, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, Brazil

589 Comparison of the Overall Survival (OS) Predicted By the Center International for Bone Marrow Transplantation Research (CIBMTR) Calculator with the Actual Outcome of a FACT-Accredited Hematopoietic Stem Cell Transplantation (HSCT) Center in Brazil. Cinthya Corrêa Bone Marrow Transplant, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, Brazil

464 High Resolution KIR in Non-Myeloablative Conditioning Regimen for Hematologic Neoplasms Livia Caroline Barbosa Mariano, MD, Hematology, Stem Cell Transplantation, Hospital das Clinicas HCFMUSP, Faculdade de Medicina, Universidade de Sao Paulo, Sao Paulo, Brazil

483 Viral Infections in Unrelated Allogeneic Stem Cell Transplantation with Post-Transplant Cyclophosphamide Compared with the Use of Thymoglobulin
Mariana Nassif Kerbauy, Hospital Israelita Albert Einstein, Sao Paulo, Brazil,

LBA8 Nursing in the Construction of a Clinical Program of Cell Therapy in a Hospital in Brazil Cristina Vogel BMT, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, Brazil

Pôsteres coautores brasileiros

220 Cartitude-5: A Randomized, Phase 3 Study of Bortezomib, Lenalidomide and Dexamethasone (VRd) Followed By Ciltacabtagene Autoleucel Versus Vrd Followed By Lenalidomide and Dexamethasone (Rd) Maintenance in Patients with Newly Diagnosed Multiple Myeloma (NDMM) Not Intended for Transplant

505 Assessment of Fertility Potential and Gonadal Function in Survivors of Reduced Intensity Hematopoetic Cell Transplantation

Adriana Seber recebe CIBMTR Distinguished Service Award

Brasileira se torna a 1ª mulher a receber a honraria e a quarta representante do TCTH latino-americano a ganhar a distinção. O primeiro a ser agraciado foi Dr. Ricardo Pasquini, em 2010.

A vice-presidente da SBTMO, Dra. Adriana Seber, recebeu o “CIBMTR Distinguished Service Award”, em cerimônia que aconteceu no dia 25 de abril, durante o Tandem Meetings | Transplantation & Cellular Therapy Meetings of ASTCT™ and CIBMTR®, realizado em Salt Lake City (Utah; EUA).

Esta é a primeira vez que uma mulher recebe a honraria, que é cedida àqueles que se destacam por suas contribuições no âmbito das pesquisas do CIBMTR em uma ou mais das seguintes áreas: promoção da pesquisa em TCTH e cuidados clínicos em países em desenvolvimento; ampliar a disponibilidade de transplantes; divulgar resultados de pesquisas para médicos e pacientes a fim de melhorar os resultados e a qualidade de vida; e, também, que colaboram com organizações para aumentar a troca de dados e a colaboração em pesquisa em todo o mundo.

Este prêmio significa muito para a América Latina. Até o momento apenas quatro latino-americanos foram agraciados com a honraria, sendo dois deles brasileiros: o primeiro, em 2010, foi o Dr. Ricardo Pasquini; e, agora, em 2022, foi a vez de Dra. Adriana Seber.  Além deles, dois mexicanos receberam a distinção.

Seber, que atua no serviço de TCTH do Samaritano Higienópolis e no IOP-GRAAC-Unifesp, considerou o momento muito especial, não apenas para ela, mas para todos aqueles que têm atuado no gerenciamento de dados nos serviços de transplantes brasileiros. Em seu discurso, de agradecimento, ela compartilhou que acredita fortemente ser fundamental conhecer os resultados que vêm sendo alcançados nos centros transplantadores nacionais para que haja aperfeiçoamento da prática e melhora nos cuidados com os pacientes. E, isso só é possível por meio do registro de dados. Ela pondera, entretanto, que no Brasil ainda não há gerenciadores de dados suficientes para atender a demanda e espera que com os treinamentos de capacitação que vêm sendo empreendidos, bem como os esforços do Grupo de Trabalho dos Gerenciadores de Dados da Sociedade Brasileira de Terapia Celular e Transplante de Medula Óssea (SBTMO), essa realidade possa vir a mudar.

Em nome do GTGD da SBTMO, o gerente de dados Anderson Simione, gravou um vídeo-depoimento parabenizando a Dra. Adriana Seber. Confira

Continue acompanhando as comunicações da SBTMO e fique por dentro da participação dos brasileiros no Tandem Meetings 2022.

Estudo multicêntrico latino-americano sobre IPSS-R em TCTH na SMD ganha destaque no MDS HUB

Os resultados alcançados no estudo multicêntrico latino-americano “Influência do tipo de doador e estratificação IPSS-R nos resultados do Transplante de Medula Óssea da Síndrome Mielodisplásica Registro Latino-Americano” ganharam destaque no MDS Hub, principal plataforma de educação e disseminação científica sobre SMD do mundo, criada em parceria com a European Leukemia Net (ELN).

Em entrevista ao MDS Hub, ao ser questionado se o IPSS-R pode ser usado como ferramenta prognóstica em TCTH na Síndrome Mielodisplásica em regiões onde a análise molecular não está disponível, o autor principal do artigo, Fernando Barroso Duarte, esclareceu que sim, trata-se de um recurso extremamente útil neste cenário, conforme foi possível observar na conclusão do artigo. Ele também compartilhou pontos importantes sobre como a melhoria do acesso à citogenética é importante no impacto da sobrevida dos pacientes com SMD submetidos a um transplante.

Segundo o pesquisador do Hospital Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará (HUWC-UFC) e presidente da Sociedade Brasileira de Terapia Celular e Transplante de Medula Óssea (SBTMO), o papel das mutações no diagnóstico, prognóstico, tratamento e até mesmo no seguimento pós-TCTH na SMD tem se tornado cada vez mais relevante do ponto de vista diagnóstico, principalmente nos casos com citopenias sem blastos.

A pesquisa, que foi apresentada no 42ª Encontro Anual do European Blood and Marrow Transplantation (EBMT), procurou avaliar dois aspectos: o tipo de doador e a correlação da estratificação com R-IPSS com a sobrevida global, considerando que não há acesso a análise molecular como ferramenta, como é a realidade da maioria dos centros de TCTH da América Latina. Para chegar a uma conclusão, foram analisados os dados de 331 pacientes com SMD do registro de transplantes de 32 centros públicos e privados da América Latina (Brasil, Uruguai e Argentina), no período de 1989 a 2021.

Acesse aqui para assistir a entrevista completa feita pelo MDS Hub, que contou também com a participação de Silvia Magalhães, da HUWC-UFC.

Referência

FB Duarte, TE Sousa, VAM Funke, VAR Colturato, N. Hamerschlak, NC Villela, MCMdA Macedo, AC Vigorito, RDdA Soares, A. Paz, M. Stevenazzi, AE Hallack Neto, G. Bettarello, BM Gusmão, MA Salvino, RF Calixto, MCR Moreira, GM Teixeira, EJdA Paton, V. Rocha, A. Enrico, C. Bonfim, CC Silva, RPG Lemes, YDO Garcia, R. Chiattone, AJ Simioni, C. Arrais, EOdM Coelho. Influence of donor type and r-ipss stratification on outcomes from myelodysplastic syndrome bone marrow transplantation latin american registry. In: Proceedings of the 42th European Bone and Marrow Transplantation; 2022 March 19-23; Virtual Meeting: EBMT; 2022. Abstract nr P641. Avaliable  https://ebmt2022.abstractserver.com/program/#/details/presentations/756

Atenção Associados: Anuidade 2022 já disponível

Já estão disponíveis para nossos associados as anuidades de 2022. Basta acessar aqui seu perfil no ambiente do associado e manter sua situação junto à nossa Sociedade sempre em dia, garantindo assim os benefícios exclusivos que só um membro SBTMO tem!

No caso dos sócios institucionais, a secretaria da SBTMO entrará em contato posteriormente com o responsável de cada centro associado para o acerto da anuidade.

SBTMO apoia iniciativa da Abrale em prol de pacientes com SMD

A SBTMO está apoiando um levantamento da Abrale, por meio de sua Rede Aliança Latina, que tem por objetivo conhecer a trajetória percorrida por pacientes com Síndrome Mielodisplásica – desde o diagnóstico ao tratamento – e identificar as demandas e desafios enfrentados por eles.

O levantamento já foi realizado no Brasil e agora tem como propósito alcançar pacientes e membros de equipes multidisciplinares (que possam compartilhar com pacientes que acompanhem em seus centros) dos seguintes países: Argentina, Canadá, Colômbia, México, Chile, Equador e República Dominicana.

Caso você conheça alguém nestas regiões, encorajamos a enviar esta mensagem a eles para que possamos contribuir com que esta survey chegue a mais pessoas.

Os dados deste levantamento serão compartilhados posteriormente, o que poderá nos ajudar a compreender os pontos a serem aperfeiçoados no âmbito da SMD em nosso país.

CONFIRA INFORMAÇÕES SOBRE A AÇÃO:

La Red Alianza Latina está realizando una investigación para comprender el camino de los pacientes diagnosticados con Síndrome Mielodisplásico – SMD en las Américas, representada por Argentina, Brasil, Canadá, Colombia, México, Chile, Ecuador y República Dominicana.

El objetivo es identificar las demandas y problemas críticos, desde el diagnóstico hasta el tratamiento, que enfrentan los pacientes en esta región, y posteriormente apoyar mejores resultados. Difundiremos los principales hallazgos en nuestra red y otros interesados en el tema, para contribuir a las acciones de comunicación y políticas públicas en sus países representados.

Hemos completado la primera etapa con pacientes de SMD en Brasil. Si eres de alguno de los demás países, por favor participa de la investigación para una mejor atención a los pacientes con SMD.

Acceda la investigación en inglés: https://www.surveymonkey.com/r/MDS_American

Acceda la investigación en español: https://es.surveymonkey.com/r/SMD_ContinenteAmericano

Abertas inscrições para a 3ª edição do Café com Terapia Celular SBTMO – abril

Nesta próxima sexta-feira, dia 8 de abril, teremos a 3ª edição do Café com Terapia Celular SBTMO!

Garanta sua vaga: https://bit.ly/sbtmo-cafe-terapia-celular-2022-abril

Contaremos com a participação do Dr. Gil De Santis, Médico responsável pelo Laboratório de Terapia Celular do Hemocentro de Ribeirão Preto. Ele irá repercutir os resultados de dois estudos, que você já pode acessar e se preparar para debater:

  • Kurtzberg J, Abdel-Azim H, Carpenter P, Chaudhury S, Horn B, Mahadeo K, Nemecek E, Neudorf S, Prasad V, Prockop S, Quigg T, Satwani P, Cheng A, Burke E, Hayes J, Skerrett D; MSB-GVHD001/002 Study Group. A Phase 3, Single-Arm, Prospective Study of Remestemcel-L, Ex Vivo Culture-Expanded Adult Human Mesenchymal Stromal Cells for the Treatment of Pediatric Patients Who Failed to Respond to Steroid Treatment for Acute Graft-versus-Host Disease. Biol Blood Marrow Transplant. 2020 May;26(5):845-854. doi: 10.1016/j.bbmt.2020.01.018. Epub 2020 Feb 1. PMID: 32018062; PMCID: PMC8322819. [ Disponível em https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32018062/ ]
  • Dotoli GM, De Santis GC, Orellana MD, de Lima Prata K, Caruso SR, Fernandes TR, Rensi Colturato VA, Kondo AT, Hamerschlak N, Simões BP, Covas DT. Mesenchymal stromal cell infusion to treat steroid-refractory acute GvHD III/IV after hematopoietic stem cell transplantation. Bone Marrow Transplant. 2017 Jun;52(6):859-862. doi: 10.1038/bmt.2017.35. Epub 2017 Mar 13. PMID: 28287644. [Disponível em https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28287644/ ]

Como moderadores, Andreza Feitosa Ribeiro e Marco Aurélio Salvino, que integram a coordenação do Grupo de Trabalho de Terapia Celular da SBTMO!

Sobre o Café:
3ª Edição Café com Terapia Celular SBTMO (Abril/20220
Data:
08 de abril
Horário: 7:15
Duração: 45 minutos
Inscrições abertas: https://bit.ly/sbtmo-cafe-terapia-celular-2022-abril

*Lembrando que os Cafés com TC são exclusivos para associados adimplentes.