Nota de Pesar pela morte de Júlio César Voltarelli
21/03/2012

São Paulo, 21 de março de 2012

A Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO) lamenta a morte do Prof. Dr. Júlio Cesar Voltarelli, no dia 21 de março de 2012. Voltarelli foi o precursor em pesquisas de células-tronco para doenças autoimunes no Brasil e suas pesquisas tinham ênfase em esclerose múltipla. Também foi o responsável por implantar o Centro de Transplantes de Medula Óssea no Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto (FMUSP-RP).

Graduado em medicina pela FMUSP-RP, Voltarelli era pós-doutorado pela Universidade da Califórnia, San Francisco (EUA), Fred Hutchinson Cancer Research Center, em Seattle (EUA) e pelo Scripps Research Institute, em San Diego (EUA). Atualmente era Professor Titular e do Departamento de Clínica Médica da FMRP-USP, Coordenador do Laboratório de Imunogenética (HLA) e da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clínicas da FMRP-USP. Além disso, Voltarelli era um dos pesquisadores do Centro de Terapia Celular (CEPID-FAPESP) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Células Tronco e Terapia Celular (CNPq), sediado no Centro Regional de Hemoterapia do HC-FMRP-USP.

Júlio Voltarelli foi o presidente eleito da próxima gestão da SBTMO e da XVI edição do Congresso da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea, que será realizado em agosto, na sua cidade natal, Ribeirão Preto.