27 de outubro: Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doenças Falciformes
27/10/2017

Hoje, 27, é o Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doenças Falciformes. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 3 mil crianças nasçam com a doença por ano, além de 200 mil com traço falciforme.


Também segundo o Ministério da Saúde, a cada 650 nascimentos no estado da Bahia um dos bebês possui doença falciforme. A região possui a maior incidência do Brasil, seguida pelos estados do Rio de Janeiro (1:1300) e Minas Gerais (1:1400). O diagnóstico pode ser feito pelo exame do pezinho e, se não houver o tratamento adequado, a letalidade pode ser alta, atingindo até 80% dos casos de crianças até os cinco anos de idade.


Desde 2015 a portaria nº 1.321 autoriza o transplante alogênico aparentado de medula óssea, de sangue periférico ou de sangue de cordão umbilical, como tratamento para doença falciforme pelo Sistema Único de Saúde (SUS).