Fornecimento do Alkeran injetável será mantido no Brasil. Confira carta de esclarecimento encaminhada à SBTMO pela GSK
10/01/2017
A SBTMO comunica que o fornecimento do medicamento Alkeran injetável deve ser mantido no Brasil. A informação foi emitida pelo laboratório GlaxoSmithKline(GSK), em carta de esclarecimento endereçada ao presidente da SBTMO, Vergílio Colturato.
 
O fármaco foi vendido à Aspen Pharma Industria Farmacêutica em 2009, de forma global, porém a Aspen não conseguiu efetivar até o momento sua transferência ao Brasil. Apesar do processo de interrupção da produção por parte da GSK, as discussões a respeito do impacto da falta do medicamento para a saúde pública brasileira levaram o laboratório a manter a comercialização, a fim de atender os casos de urgência, enquanto não ocorre a regularização da Aspen.