Atualização do Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas (PCDTs) da Doença Falciforme está em consulta pública até 5 de setembro. Saiba mais
05/09/2016

 
O Ministério da Saúde vai atualizar 12 Protocolos Clínicos de Diretrizes Terapêuticas (PCDTs) para modernizar os tratamentos adotados para diversas doenças pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Cinco deles já estão em consulta pública e os outros entrarão nas próximas semanas.

O Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas (PCDTs) – Doença Falciforme é um dos procedimentos que será atualizado pelo Ministério da Saúde por meio de consulta pública. Até o dia 5 de setembro é possível contribuir com propostas. As sugestões serão analisadas pela CONITEC.
http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/cidadao/principal/agencia-saude/25222-ministerio-da-saude-vai-atualizar-doze-protocolos-clinicos

Estão na lista também das primeiras atualizações os protocolos de atendimento e tratamento contra hepatite B, anemia para doenças renais crônicas, um tipo de aneurisma, além de procedimentos específicos para pessoas que passaram por transplante hepático, cardíaco ou de pulmão.

As consultas para esses cinco protocolos ficarão disponíveis até o dia 5 de setembro (20 dias após a publicação) para contribuições da sociedade civil, especialistas e interessados por meio do site http://conitec.gov.br/index.php/consultas-publicas. As sugestões serão analisadas pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (CONITEC).

• Proposta de atualização do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Doença Falciforme
• Proposta de atualização do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Dermatomiosite e Polimiosite
• Proposta de atualização do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas Anemia na Doença Renal Crônica - Reposição de Ferro
• Proposta de atualização do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas Anemia na Doença Renal Crônica - Alfaepoetina
• Proposta de elaboração do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas de Imunossupressão no Transplante Hepático em Adultos