Workshop de DECH Crônica
11/09/2013

Ao longo do segundo dia do XVII Congresso da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO), pediatras, dentistas, dermatologistas, enfermeiros e outros profissionais de áreas correlatas, se reuniram no Workshop de DECH Crônica para discutirem o diagnóstico e o acompanhamento da patologia com a participação de pacientes.


A onco-hematologista brasileira que atua no Fred Hutchinson Cancer Research Center, em Seattle (EUA), Mary Flowers, conduziu a introdução do Workshop e enfatizou a importância do curso prático, que possibilita um diálogo direto entre os participantes e os multiplicadores. “É um enriquecimento fundamental para o profissional que atua com o diagnóstico da patologia e a assistência ao paciente”, declarou.


Em seguida, o 2º secretário da SBTMO, Afonso Vigorito, discorreu sobre a importância do Consenso de NIH e apresentou os instrumentos de avaliação da DECH Crônica. Na ocasião, a dermatologista, Márcia Matos, e a dentista, Maria Elvira Pizzigatti Correa, abordaram a identificação de lesões cutâneas e orais elementares da doença. Ao final, os participantes examinaram os pacientes com a supervisão dos multiplicadores e discutiram os casos examinados