Resultado do Prêmio Júlio César Voltarelli
29/01/2013
É com satisfação que anunciamos os ganhadores do Prêmio Júlio César Voltarelli destacando os melhores trabalhos científicos com base na prática clínica na área de Transplante de Células Tronco. 
 
1º Lugar – Pacote completo para o Congresso EBMT + R$5.000,00 para a Instituição de origem: 
Dra. Carmem Bomfim - O TRANSPLANTE DE CÉLULAS TRONCO-HEMATOPOÉTICAS NA SÍNDROME DE WISKOTT ALDRICH
Instituição: HOSPITAL DE CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ, Unidade de Transplante pediátrico, Curitiba, Paraná.
 
2º Lugar – Pacote Completo para o Congresso EBMT + R$ 2.500,00 para a Instituição de origem:
Dr. Nelson Hamerschlak - O IMPACTO DO DESENVOLVIMENTO DE PNEUMONIA POR VÍRUS RESPIRATÓRIOS DURANTE TRANSPLANTE DE CÉLULAS TRONCO HEMATOPOIÉTICAS.
Instituição: Instituto de Hematologia e Oncologia, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, Brasil
 
3º Lugar: Pacote completo para o Congresso da SBTMO + R$ 1.500,00 para a Instituição de origem:
Dr. Nelson Hamerschlak - BUSSULFANO POR VIA ORAL X VIA INTRAVENOSA: COMPARAÇÃO ENTRE A FARMACOCINÉTICA DE UMA DOSE TESTE PRÉ TRANSPLANTE DE CÉLULAS TRONCO HEMATOPOIÉTICAS E DURANTE O REGIME DE CONDICIONAMENTO
Instituição: Instituto de Hematologia e Oncologia, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, Brasil
 
Congratulações aos ganhadores cujos trabalhos representam a qualidade do TCTH no Brasil em consonância com o trabalho desenvolvido pelo Dr. Júlio César Voltarelli. 
 
SBTMO
Diretoria. 
 
Sobre o Prêmio Júlio César Voltarelli de Melhor Trabalho Científico na área de TMO
Em homenagem ao imunologista e pesquisador, Professor Júlio César Voltarelli, a Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO), com o apoio educacional da empresa Pierre Fabre, criou o Prêmio Júlio César Voltarelli de Melhor Trabalho Científico na área de TMO.
Lançado durante o XVI Congresso da SBTMO, além de prestigiar Voltarelli, o prêmio tem como objetivo eternizar seu legado por meio do fomento à pesquisa científica no País no campo do TMO e prestigiar Voltarelli, reconhecido como ícone da hematologia brasileira. Leia mais.